sexta-feira, 18 de março de 2011

Como conseguir tráfego usando um pequeno vídeo promocional



Como conseguir tráfego usando um pequeno vídeo promocional

    Por Prof. Ari Clayton Soares Formiga
Video Marketing é uma das formas mais eficazes de comunicação que tem a capacidade de capturar a atenção do público-alvo. O vídeo em linha é propriedade quente estes dias. Estudos têm mostrado que o número de visitantes que assistem a anúncios de vídeo é muito superior em comparação aos visitantes assistir quaisquer outras formas de mídia lá fora. Esta tendência de crescimento do mercado de vídeo é uma ferramenta eficaz que pode ser usado para apresentar e promover os produtos ou serviços. Utilizando vídeos fornece a solução espectacular devido ao seu impacto imediato sobre os visitantes pela primeira vez. Este artigo apresenta alguns métodos que você pode usar para criar e enviar o seu vídeo promo para conseguir mais tráfego. 

Usando um pequeno vídeo promocional e carregá-lo para vários sites gratuitos de hospedagem de vídeo pode criar um buzz instantâneo e de longa duração em torno de seu produto. Com o vídeo em sites de compartilhamento como o YouTube, Google Video e MetaCafe ganhando destaque, é uma boa idéia para adicionar o vídeo para o seu arsenal de marketing. A coisa boa é que a criação e partilha de vídeos não é tão difícil como pode parecer à primeira vista. Criando um vídeo de 2 a 5 minutos é muito simples. Aqui estão algumas maneiras de como você pode ir sobre ele: 

Planejando seu vídeo. Este é um passo importante. Planejando o seu vídeo é muito importante porque lhe dá um contorno para trabalhar. Pense na mensagem que você deseja compartilhar com seus telespectadores. Por exemplo, você poderia compartilhar 3 dicas rápidas sobre um tópico em seu vídeo. Assim, em seu vídeo, diga-lhes que você vai fazer a cobertura. Em seguida, cobrir os três pontos no detalhe, fazer uma breve recapitulação sobre o que você acabou de comum e, finalmente, incluir uma chamada à ação direcionando-os para ir a seu Web site ou fazer o download de um relatório, etc 

A gravação do seu vídeo. Agora que você já planejou o seu vídeo, é hora de gravá-la. Você pode usar uma simples apresentação do PowerPoint com todas as dicas que você estava indo para a cobertura em breve. Em seguida, use um software de captura de tela como o Camtasia ou CamStudio para filmar a apresentação e gravar uma narração de voz. Você também pode usar o Windows Movie Maker, se você está mais confortável com ele. 

Produzir seu vídeo. Uma vez que seu vídeo está pronto, exportá-lo como um arquivo WMV ou FLV que você pode fazer o upload para diversos sites de vídeo como o YouTube. Agora que você já criou o seu vídeo, é hora de colocá-lo no YouTube para que todos possam vê-lo. Você também pode enviá-lo para outros sites de vídeo. Há também programas disponíveis que lhe permitem enviar seu vídeo para muitos sites de compartilhamento de vídeo ao mesmo tempo que você não tem que gastar tanto tempo a promoção e enviar seus vídeos. Estas são apenas algumas estratégias básicas que há muito mais a aprender quando se trata de marketing de vídeo. 

Video Marketing é de facto uma nova forma de marketing que leva o World Wide Web pela tempestade. A razão pela qual é tão popular é clara. Este método é um meio fantástico para ocupar diretamente com o público, uma vez que adiciona uma nova dimensão às diversas formas de marketing on-line disponíveis hoje em dia

segunda-feira, 14 de março de 2011

ATIVIDADES NEURÓBICAS – UMA ARTICULAÇÃO BI LATERAL DA NEUROPSICOLOGIA E A TERAPIA OCUPACIONAL.


ATIVIDADES NEURÓBICAS – UMA ARTICULAÇÃO BI LATERAL DA NEUROPSICOLOGIA E A TERAPIA OCUPACIONAL.


Este artigo tem como objetivo causar a reflexão sobre o fazer de dos profissionais especialistas em neuropsicologia e terapia ocupacional, tendo como ponto de encontro, as atividades neuróbicas.
Com objetivo de estimular o cérebro , auxiliando a prevenção de déficit´s cognitivos.
Através do fazer construtivo o homem cria coisas extraída de suas vivências externas e internas, construindo assim , um mundo com objetos do cotidiano coletivo, embora sendo singulares, em cada caso e situação.
Portanto,o homem não ocioso , é um ser criativo expressivo , lúdico e transformador.
Assim como as atividades.
Estudos realizados, á partir da neurociência, nos aponta , que o século 20 , é o século do “ cérebro” . A ciência dá um avanço significativo, nas suas experiências, começa a solucionar alguns mistérios que envolvem a caixa preta humana.
Comprova a eficácia da neuropsiclogia e outras terapias (terapia ocupacional) em pacientes idosos, e traz á tona descobertas que podem mudar os rumos de pacientes com déficits cognitivos consideráveis.
Fica assim notório que o cérebro em treinamento ( aprendizado/ reaprendizado) , consegue ter ganhos sensório/ motores e preto c/ cognitivos, antes em estágio de espera.

Palavra – chave : Terapia ocupacional , neuropsiclogia, atividades neurônicas , Alzheimer- déficit´s cognitivos, memória.
Atividades NEURÓBICAS - O objetivo das atividades da neuróbica é evitar esse declínio, ajudando o praticante a manter um nível alto e permanente de capacidade, força e flexibilidade mental, em qualquer idade.

Como funciona? Nada de exercícios de quebra-cabeças ou fazer testes. As atividades dA neuróbica incidem sobre os cinco sentidos para estimular a tendência natural do cérebro de formar associações entre diferentes tipos de informações.

A proposta é simples: mudar o comportamento, introduzindo o inesperado para quebrar a rotina e mobilizando a ajuda de todos os seus sentidos ao longo do dia. Por exemplo, um exercício de neuróbica é escrever ou escovar os dentes com a mão esquerda, se você é destro, para exercitar a metade direita do cérebro, que controla a mão esquerda, normalmente não usada para essas coisas. Outros exemplos são vestir-se com os olhos fechados, forçando a utilização do sentido do tato, fazer novas combinações de comida, virar fotos de cabeça para baixo para concentrar a atenção, usar um novo caminho para ir ao trabalho...

As atividades sociais também entram no programa.

Ir de carona para o trabalho ou conversar um bocado de tempo com alguém contam como exercício neuróbico desde que algumas regras sejam cumpridas. A idéia é que novas interações com pessoas desconhecidas constituem um gatilho para reações emocionais positivas, além de quebrarem a rotina.

Quebrar a rotina, aliás, é uma das atividades mais solicitadas a quem quer manter o cérebro jovem. É sabido que desafios novos põe á funcionar muitos mais neurônios no córtex do que outros que podem ser resolvidos "sem pensar", em modo "automático". Por isso, a rotina proporciona pouco exercício ao cérebro.

O negócio da neuróbica também inclui avaliações prévias ao desempenho do cérebro (através de testes) e três tipos de aconselhamento aos clientes: desintoxicação cerebral e mental, gestão do estresse e das emoções, e, energização do cérebro através de alimentos e outros estimulantes.

Quem são os principais clientes? Empresas e outras organizações e clientes particulares: crianças em idade escolar, adultos na faixa dos 30/40 anos de idade (no auge de suas carreiras e, por conseguinte, com grandes solicitações intelectuais) e pessoas com mais de 55 anos que querem atrasar o envelhecimento cerebral e prevenir a senilidade, a demência do idoso e o mal de Alzheimer.

LOGO, PODEMOS CONCLUIR QUE SER ATIVO, É SER NEUROLÓGICAMENTE, UM SER QUE SE
PROMOVE ATRAVÉS DE SUA CRIATIVIDADE, REAPRENDIZAGEM, APRENDIZAGEM, UTILIZANDO, O POTENCIAL MÁXIMO, EXISTENTE EM CADA CONEXÃO CEREBRAL.

TENTE ,INVENTE, FAÇA SEMPRE O DIFERENTE, É ESSA EXPERIÊNCIA QUE MANTÉM VIVA A SUA MEMÓRIA.
TERAPEUTA OCUPACIONAL – ROSE NANCI – CREFITO-3846-TO
Ao usar este artigo, mantenha os links e faça referência ao autor:
ATIVIVIDADES NEURÓBICAS- UMA INTERFACE ENTRE A TERAPIA OCUPACIONAL E A NEUROPSICOLOGIA. publicado 18/05/2010 por ROSE NANCI em http://www.webartigos.com

domingo, 13 de março de 2011

Compartilhar arquivos com Windows 7 e XP




Compartilhar arquivos com Windows 7 e XP
Por Prof. Ari Clayton Soares Formiga

Este tutorial é para configurar o compartilhamento de arquivos em um ambiente misto entre o Windows 7 e o Windows XP por exemplo.
O computador que estará compartilhando (servindo) os arquivos será o com o Windows 7 e o computador que estará acessando os arquivos compartilhados será o com o Windows XP. Vamos assumir que o seu software de firewall esteja desativado e que você saiba como permitir o acesso de rede para o sub-rede interna. Não se preocupe que é tudo muito simples:
No computador com o Windows 7:
1.      Click no botão Iniciar.
2.     Dê um click com o botão direito do mouse sobre “Computador” e em seguida click em Propriedades.
3.     Agora tome nota do nome do seu Grupo de Trabalho.
No seu computador com o Windows XP:
1.      Click em Iniciar.
2.     Dê um click com o botão direito do mouse sobre “Meu Computador” e em seguida click em Propriedades.
3.     Click em Nome do Computador.
4.     Click em Modificar.
5.     Selecione o Grupo de Trabalho.
6.     Digite o mesmo nome do Grupo de Trabalho.
7.     Click em OK duas vezes.
8.     Reinicie o seu computador.

De volta ao seu computador com o Windows 7, agora vamos compartilhar a sua pasta de Meus Documentos para todos em seu Grupo de Trabalho:
1.     Click em Iniciar.
2.     Click em Computador.

Na janela da esquerda, sobre Bibliotecas, de um click com o botão direito do mouse sobre Meus Documentos e em seguida click em Compartilhar com: pessoas específicas.
1.     Click no menu suspenso.
2.     Selecione Todos.
3.     Click em Adicionar.
4.     Click em Ler e modifique para Ler/Escrever.
5.     Click em Compartilhar.
6.     Selecione Meus Documentos.
7.     Click em Próximo.
Nota: Compartilhar seus documentos pode demorar um pouco, vai depender da quantidade de arquivos que você tenha na pasta.
1.     Click em Finalizar.

De volta ao seu computador com o Windows XP:

De agora em diante você poderá acessar seus documentos do computador com o Windows 7:
1.     Abrindo “Meu Computador”.
2.     Clicando em  “Meus Locais de Rede”, no lado esquerdo.
3.     Clicando em “Todas as Redes”.

Nota: Você então verá o nome do seu computador com o Windows 7.
Por fim dê um duplo click no computador Windows 7 e você então verá os arquivos compartilhados da pasta Meus Documentos.

Se por um acaso você quiser compartilhar outras pastas, você pode seguir os mesmos passos acima apenas modificando a pasta a ser compartilhado do seu computador com o Windows 7.

sábado, 12 de março de 2011

BBC Languages: aprenda 16 idiomas de graça na internet


O primeiro passo é escolher o idioma e selecionar qual método você quer usar. Para iniciantes o indicado é começar pelo "Steps", pois tem seis estágios de aprendizados com vídeos, exercícios, lista de vocabulários, dicas de gramática e até um relatório com seu progresso. Cada estágio tem alguns assuntos básicos para começar a introdução à língua. Mas, se você quer uma rápida noção do idioma, clique em "Quick Fix". Aqui você escolhe o assunto e eles te dão uma lista com as frases mais usuais com direito ao download dos MP3 das pronúncias. Já em "Experience", você aprende tudo o que precisa para se virar tranquilamente nas cidades que falam a língua escolhida. No site também é possível fazer palavras cruzadas e jogar outros games, tudo de uma maneira dinâmica e bastante interativa.
Quer começar a aprender um novo idioma? Então clique no link que acompanha essa matéria e bons estudos!

Vá ao site da BBC em http://www.bbc.co.uk/languages/ e confira.