quinta-feira, 3 de novembro de 2016

5 dicas para não errar no gerenciamento de TI - OpServices

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Bushido o código de conduta do guerreiro

Por Francisco Aoyama

Hoje vim falar um pouco de Bushido, o Código de Conduta do Guerreiro (Samurai = aquele que serve), acredito que, ser Faixa preta de Judô, me incube de alguns deveres importantes, como o de ser referência positiva, ser correto, servir conscientemente, passar o conhecimento adiante, cooperar, ser disponível, ser bom para sociedade em geral, e principalmente buscar o conhecimento sempre. Partindo deste pressuposto, recebi do meu Sensei, um livro de Bushido à ser traduzido, um desafio muito prazeroso, tendo em vista que o fantástico material está escrito em japonês e inglês, e também, por nele estar contida toda base das Artes Marciais Japonesas Dô (caminho), entre as quais o Judô, criado para formar cidadãos conscientes e úteis para sociedade. Então vamos dividir o conhecimento e entender porque nosso Judô é mais que um esporte.
“O mundo tende cada vez mais a ser globalizado, ou seja, uma aldeia global, onde as raças se misturam formando um novo ser humano, aquele sem diferenças, mas o aspecto de organização e orientação mundial deste novo ser humano pode ser encontrado nas bases do Bushido, como uma eficaz forma de conduta” Yoshio Hatano.
Recursos, aspectos e fontes do Bushido são provenientes:
• Do Budismo – amizade com a vida e amizade com a morte, tranquilidade pra enfrentar as facilidades e as dificuldades, optando pela “normalidade”, o caminho do meio;
• Do Zen – A busca do autoconhecimento através da meditação, sua maior luta é contra você, conhecer-se é dominar-se, só podemos ser úteis a alguém se estamos em paz conosco;
• Do Xintoísmo – daqui veio os preceitos de lealdade, servidão consciente, amor à pátria, o Patriotismo encarando o aspecto espiritual e divino da terra;
• Do Confucionismo – as doutrinas éticas, como a moral, hierarquia, etiqueta, respeito. As cinco relações morais de uma sociedade, entre Mestre e Pupilo, Pai e Filho, Marido e Esposa, Irmão mais velho e Irmão mais novo, e entre amigos com amigos;
• Agir de acordo com o que se prega à luz da consciência, analisar, refletir e tirar sua conclusão;
• Das características do País – sendo o Japão uma ilha com poucos recursos naturais, pouca água, muita pedra, pouca terra cultivável, muitos fenômenos naturais como tempestades, maremotos, furacões, terremotos, etc. O povo foi forjado a trabalhar em cooperação, em ser resiliente, aprender a cair e levantar sempre, o coletivo vem antes do individual sempre;
• Do Kokoro – a vida mundana e a vida espiritual são bem definidas, viver ou morrer é apenas um detalhe. O amor pela vida e pelas dádivas divinas, e pelo homem, que deve sempre evoluir espiritualmente e em conhecimento. A justiça é um dos principais fatores no código do samurai, assim como o amor e a benevolência, que são suntuosas virtudes dos samurais.
“O Senhor do céu e da terra vive no coração do homem, e alcançado, ele transforma a mente e espírito deste” Miwa Shissai.
Hoje falamos das fontes do Bushido, em breve escreverei sobre o Samurai e a respeito das Leis que regem a conduta deste guerreiro.
Domo Arigatô Gozaimashita.